sábado, 12 de março de 2016

DESEJO



                        Vem morrer vivendo nos meus braços
                       Preenche com meu colo teus espaços
                       Do avesso do meu ser, faz o teu sim
                       Vem renascer de amor dentro de mim

                       Grita o aroma do desejo em flor
                       Perde-te nesta pele em cor
                       Pensa nas sombras de gemidos vãos
                       E faz dos meus lábios as tuas mãos
                     
                       Dá-me o teu beijo para que eu afague
                       Dá-me os teus olhos para que eu me afogue
                       Teu pensamento onde a minha alma cabe
                       E que o meu corpo no teu corpo acabe.

                        ©Graça Costa