quarta-feira, 27 de maio de 2015

ESTE AMOR

Gosto deste amor...
puro,
simples,
belo,
cristalino como gota de orvalho
penetrada por um raio de sol ao amanhecer.

Gosto deste ter-te e não te ter,
do desejo,
de te sentir antes de te ver,
do teu toque suave e intenso como noite de luar.

Gosto das noites que me consomem
e me espantam,
da luz que me eclode no peito
e me invade o corpo febril.

Gosto deste amor cristalino,
simples,
belo,
curioso...
aventura dos sentidos,
quadro aberto ao desconhecido,
que vou escrevendo...
sem pressas.

©Graça Costa