quarta-feira, 22 de abril de 2015

É POESIA...

É poesia
uma lágrima orvalhada
suspensa nos cílios
daqueles olhos de mar.

É poesia
a imagem daquele corpo nu
iluminado pelo luar
numa noite estrelada.

É poesia
o percurso em direcção
àqueles lábios carnudos
humedecidos pelo desejo.

É poesia
ter-te nos meus braços
e tornar-me maré de afectos,
onda lenta,
maresia,
canção.

É poesia,
ternura,
paixão,
esta fome de desejo,
esta combustão dos corpos
perdidos na escuridão.

©Graça Costa