sábado, 20 de maio de 2017

SE UM DIA

Se um dia eu for lago,
que o teu corpo fique sedento
e mergulhes por mim dentro,
até te saciares.

Se um dia eu for chuva
presa numa nuvem de papel,
peço ao olhar lágrimas doces
para que as bebas ao anoitecer.

Mas se um dia eu for palavra,
peço que os teus dedos sejam as letras
com que se escreve a paixão.

Aí , misturo tudo
saudade,
ternura,
desejo,
loucura,
a com toda a certeza
um dia, serei...
Amor.


©Graça Costa
imagem da web