domingo, 25 de setembro de 2016

DA MINHA ESSÊNCIA

Energia e matéria
harmonia de contrários
luz …terra
vento…mar
fogo…maresia.

Assim me sinto
na soma do tempo que passa.
Errante,
na candura dos sonhos.
Guerreira,
na tempestade dos dias.

Vivo no equilíbrio perene
do conceito e do verbo;
do pronome e do advérbio.

No desafio da descoberta,
enfrento o eterno talvez,
o complexo Se…
o carinho,
a paixão,
a emoção da dádiva,
o desabrochar do coração.

Nele me reencontro,
e com ele me reinvento
fugitiva de mim
presa no Ser que sou...
essência,
magia,
doçura,
pó …


©Graça Costa